As 5 drogas mais viciantes, de acordo com a ciência

As drogas estão no meio da sociedade desde o princípio, isso é fato. A história mostra que o ser humano sempre foi curioso em experimentar substâncias que proporcionassem algum tipo de mudança sensitiva ou física. Apesar de perigosas, muitas delas são legalizadas.

Conheça quais são as 5 drogas cientificamente comprovadas que causam maior dependência:

Nicotina: As estatísticas indicam que um terço das pessoas que experimentam o cigarro ficarão viciadas nele. Ele é viciante assim porque fumar eleva rapidamente os níveis de dopamina no cérebro, entre 25 e 50%. Apesar de não dar nenhum barato e extremamente prejudicial a saúde, é vendido livremente em qualquer esquina.

Barbitúricos: Essa droga é encontrada em medicamentos para regular a ansiedade e interfere nos sinais do cérebro para alcançar sensações de euforia. São rápidos e eficazes, tanto que seus consumidores ficam viciados quase que imediatamente.

Cocaína: 21% daqueles que a experimentam, embora somente uma vez, desenvolverão alguma dependência. Essa substância eleva os níveis de dopamina no cérebro em até três vezes.

Álcool: O fácil acesso a essa substância e sua aprovação social fazem com que as pessoas bebam sem qualquer culpa, mesmo que em excesso. Vinte e dois porcento das pessoas que o experimentam ficam viciadas. Seu consumo aumenta o nível de dopamina entre 40 e 360%.

Heroína: Uma droga altamente viciante e letal. Uma dose que ultrapasse somente cinco vezes o nível tolerado pode causar a morte. A heroína dispara os níveis de dopamina em até 200%. Ainda bem que no Brasil é praticamente incomum.

Interessante observar parte dessas substâncias dão uma sacudida para liberar dopamina, aquele neurotransmissor da recompensa sabe? Mas a desregulação da dopamina no cérebro está ligada a transtornos nada legais como Mal de Parkinson e Esquizofrenia. Sinistro hein!

Como grande parte dessas e outras drogas são permitidas (ou não), é bom se informar sobre como amenizar ou reduzir danos e preservar seu body para que você tenha um o futuro, e principalmente não abusar.

Ué e a maconha? A maconha também é droga e segundo a ciência também vicia, mas está bem longe das mais perigosas.

Fonte: History Channel