Se estão te filmando na balada aproveite e divirta-se em segurança

tao-balada-nightclub-las-vegas

Você já deve ter percebido nas baladas a presença de câmeras de vigilância certo? Algumas pessoas viram o rosto ou tentam se esquivar, tipo 007, porque sabe como é que é, muita gente está em casa dormindo na verdade (como se o resto da festa não estivesse vendo).

Porém não há preocupação com isso. As câmeras estão lá para garantir a segurança do público e da casa, verificar eventuais incidentes e identificar responsáveis por determinadas situações, mas, só devem compartilhar essas imagens com autoridades caso sejam solicitadas. Se o lugar que você está tem câmeras de monitoramento, fique tranquilo.

Agora, se não tem, pode se preocupar. Não haverá nenhuma forma de provar, justificar ou identificar responsáveis por algumas situações incômodas que eventualmente acontecem. E as possibilidades são muitas. Desde um sumiço de bolsa, uma agressão, um provalecimento (as vezes por parte até de quem deveria resguardar a integridade do público), mas principalmente confrontar versões apresentadas. E, quando o erro  é da casa, as chances de você se defender são poucas.

“Umas das nossas principais prioridades é garantir a segurança dos clientes para que possam se divertir sem nenhum problema. O monitoramento por imagens nos ajuda nisso, assim temos um suporte para saber tudo que é praticado nas dependências da casa e saber, quando acontece alguma situação, o que aconteceu de fato. As imagens somente são usadas por questão de segurança e sempre mantidas em sigilo” garante Rugles Rissato, proprietário da Bulls Passo Fundo.

Algumas equipes de organização tendem a serem brandas com aqueles que estão em áreas mais privilegiadas, vulgarmente chamada por eles de “camaroteiros”, até mesmo (pasmem) aqueles que tenham invadido essas áreas por falta de controle de acesso. As câmeras ajudam inclusive nessa questão e evitam qualquer ação equivocada.

Para o empresário Arthur Falcão, proprietário de diversos empreendimentos, “a utilização do sistema de monitoramento pretende cobrir basicamente dois pontos em relação à segurança: prevenir e elucidar possíveis fatos. Prevenir, pois garante ao consumidor um ambiente mais seguro, antecipando comportamentos indesejáveis, sejam eles por parte dos consumidores ou até do próprio estabelecimento. Já na análise dos fatos, permite a confirmação das versões narradas. O sistema de monitoramento auxilia a confrontar as versões e agir de uma forma justa.”

Em algumas cidades já é lei que estabelecimentos de entretenimento mantenham câmeras de vigilância. Em Passo Fundo há um projeto sendo elaborado nesse sentido. Na cidade muitas casas já tem câmeras, mérito a esses. Desmérito aos que se negam a ter, acabam por serem indiretamente coniventes com qualquer situações errada.

Então quando ver que tem câmera na balada, relaxe e curta que tudo está seguro.